“E mesmo que tudo dê errado, mesmo assim, não tem problema. Eu deito no telhado de uma casa qualquer, olho pro céu e invento uma nuvem que chove sorrisos, bem em cima de mim.”
Los Hermanos.   (via casebre)

“O tempo às vezes é alheio à nossa vontade, mas só o que é bom dura tempo o bastante pra se tornar inesquecível.”
— Chorão (via os-versos-que-a-gente-recita)

“Mas o que eu posso dizer? Tudo aconteceu como tinha que ser. Eu fui eu, você foi você e nenhum de nós foi a gente.”
90 dias. (via perigeu)

“Sempre existe no mundo uma pessoa que espera a outra, seja no meio de um deserto, seja no meio das grandes cidades. E quando estas pessoas se cruzam, e seus olhos se encontram, todo o passado e todo o futuro perde qualquer importância, e só existe aquele momento.”
O Alquimista. (via confronte-me)

“Tem que decidir o que é mais importante para você. Manter seu orgulho e não ter nada ou correr o risco e talvez, ter tudo.”
Gossip Girl (via quotes-de-series)

“Desisti. E isso é a coisa mais triste que tenho a dizer. A coisa mais triste que já me aconteceu. Eu simplesmente desisti. Não brigo mais com a vida, não quero entender nada. (…) Vou nos lugares, vejo a opinião de todo mundo, coisas que acho deprê, outras que quero somar, mas as deixo lá. Deixo tudo lá. Não mexo em nada. Não quero. Odeio as frases em inglês, mas o tempo todo penso “I don’t care”. Caguei. Foda-se. (…) Me nego a brigar. Pra quê? Passei uma vida sendo a irritadinha, a que queria tudo do seu jeito. Amor só é amor se for assim. Sotaque tem que ser assim. Comer tem que ser assim. Dirigir, trabalhar, dormir, respirar. E eu seguia brigando. Querendo o mundo do meu jeito. Na minha hora. Querendo consertar a fome do mundo e o restaurante brega. Algo entre uma santa e uma pilantra. Desde que no controle e irritada. Agora, não quero mais nada. De verdade. (…) Não quero arrumar, tentar, me vingar, não quero segunda chance, não quero ganhar, não quero vencer, não quero a última palavra, a explicação, a mudança, a luta, o jeito. (…) Quero ver a vida em volta, sem sentir nada. Quero ter uma emoção paralítica. Só rir de leve e superficialmente. Do que tiver muita graça. E talvez escorrer uma lágrima para o que for insuportável. Mas tudo meio que por osmose. Nada pessoal. Algo tipo fantoche, alguém que enfie a mão por dentro de mim, vez ou outra, e me cause um movimento qualquer. Quero não sentir mais porra nenhuma. Só não sou uma suicida em potencial porque ser fria me causa alguma curiosidade. O mundo me viu descabelar, agora vai me ver dormir e cagar pra ele. Eu quis tanto ser feliz. Tanto. Chegava a ser arrogante. O trator da felicidade. Atropelei o mundo e eu mesma. Tanta coisa dentro do peito. Tanta vida. Tanta coisa que só afugenta a tudo e a todos. Ninguém dá conta do saco sem fundo de quem devora o mundo e ainda assim não basta. Ninguém dá conta e… quer saber? Nem eu. Chega. Não quero mais ser feliz. Nem triste. Nem nada. Eu quis muito mandar na vida. Agora, nem chego a ser mandada por ela. Eu simplesmente me recuso a repassar a história, seja ela qual for, pela milésima vez. Deixa a vida ser como é. Desde que eu continue dormindo. Ser invisível, meu grande pavor, ganhou finalmente uma grande desimportância. Quase um alivio. I don’t care.”
Tati Bernardi.  (via casebre)

“Você não faz alguém se apaixonar por você. Eles se apaixonam por você por causa de quem você é.”
Faking It (via quotes-de-series)

Meus pais deviam agradecer por ter um unicórnio na família. Não é todo mundo que tem um diamond desses em casa né de nada


“Impressionante como tudo muda em 1 ano, pensamentos, planos, amizades, amores…”
Caio Fernando de Abreu  (via decifrandoavida)

“Você é o amor da minha vida. E, talvez, exatamente por isso, eu não consigo desistir de você. Apesar dos teus erros, defeitos, medos. Apesar da tua maneira complicada de ser, da tua arrogância, do teu ego inflado. Apesar da tua mania de complicar o fácil, desistir do difícil, abrir mão de nós dois por qualquer felicidade momentânea barata. Apesar de tudo, você ainda continua sendo o amor da minha vida. E nem sequer as tuas dúvidas ou a tua muralha de defesa constante me impede de sentir um amor absurdo por você. Mesmo que a gente não concorde em nada e brigue por tudo. Mesmo que o nosso plural, vez ou outra, teime em ser apenas singular. Mesmo que o nosso quebra cabeças seja montado ao avesso. Mesmo assim, é o teu nome que o meu corpo grita nos momentos de solidão. É nos teus braços quentes que a minha crosta gelada se derrete. É em você que eu encontro tudo o que não quero, mas tudo que preciso. A tua insanidade completa o meu lado mais santo. O meu medo encontra forças na tua parte mais corajosa. Teu humor ácido ensina o meu mau humor constante a achar graça na vida. E a vida se colore quando tem os seus lápis de cor de mil e uma tonalidades diferentes pra me ajudar a pintá-la. É quando você tem paciência pra pintar todo esse meu mundo preto e branco, detalhe por detalhe, que eu vejo a minha hipótese ganhar certeza absoluta: você é o amor da minha vida.”
Capitule.  (via casebre)

“Eu sou romântica, intensa, quero ver você hoje e amanhã e depois de amanhã. Se gosto de alguém, eu gosto bastante e para sempre e sem fim. Apenas porque é uma delícia gostar. Gostar é sempre muito mais gostoso que fazer aquele sem-fim de joguinhos medrosos.”
Tati Bernardi.  (via antipoetico)

Estudos apontam que quem cuida da própria vida vive melhor do que quem levou uma voadora na cara por se intrometer na vida dos outros ✌


“Ninguém é tão louco que não possa encontrar outro louco que o entenda.”
Friedrich Nietzsche. (via autografia)

“Foi depois daquele beijo que eu pude perceber o quanto você me queria mas não se preocupa, o tempo passa e a gente se encontra de novo pra lembrar como é bom nós dois juntos.”
Para alguém que talvez nunca irá ler. (via autografia)

Estou aprendendo a cada dia que: circunstâncias passam, tempo não volta, decepção não mata, as pessoas mudam e a vida dá muitas voltas.


THEME